Breaking News

Ex-assessor de Geddel é interrogado pela PF sobre esquema de desvio em transporte escolar







O subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo, Leonardo Américo Silveira de Oliveira, ex-assessor do ex-ministro Geddel Vieira Lima se apresentou nesta segunda-feira (28) na Superintendência da Polícia Federal na Bahia.

Ele foi interrogado sobre os fatos da Operação Vigilante, deflagrada na última sexta-feira (25) para apurar um esquema de desvio de dinheiro destinado ao transporte escolar na Bahia que teria causado um prejuízo de R$ 3 milhões.


Segundo divulgou o Ministério da Transparência, ele é ligado à empresa Serbem Serviços e Locações, que presta serviço de transporte escolar em Malhada de Pedras, no sudoeste do estado. 

Além dele, o vice-prefeito eleito de Malhada, no interior do Estado, Anselmo Boa Sorte foi detido e deve ser encaminhado ao presídio de Vitória da Conquista (BA) (leia mais aqui).

Durante as investigações, segundo a PF, foram identificadas fraudes em licitação, com direcionamento, para contratação de empresa vinculada a gestores municipais; superfaturamento mediante adulteração de quilometragem de linhas percorridas; e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar.

Em alguns casos, a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. Participaram da operação, na sexta-feira, cerca de 90 pessoas, entre policiais e auditores da CGU. 

Foram emitidos dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão, nos municípios baianos de Malhada de Pedras, Salvador, Alagoinhas, Itagibá e São José do Jacuípe.

(Estadão via Bahia Notícias).