Destaques

Polícia Civil e Técnica fazem paralisação de 24 horas no próximo dia 2




Foto: divulgação



Servidores das polícias Civil e Técnica decidiram em assembleia realizada nesta sexta-feira (25), na Faculdade Visconde de Cayru, por uma paralisação de 24 horas na próxima sexta-feira (2), além do início de uma operação padrão, por tempo indeterminado.

Com a operação padrão, os policiais não executarão procedimentos sem as condições plenas de trabalho – um exemplo são as viaturas com pneus “carecas”, que não serão utilizadas neste período.

“Estão sendo discutidas nas diversas assembleias que estão sendo realizadas no estado pelo movimento unificado a defasagem de pessoal, reposição inflacionária dos salários e as condições de trabalho oferecidas”, explica o presidente do Sindicato dos Peritos Criminais do Estado da Bahia, Leonardo Fernandes.

As categorias cobram do governo estadual a melhoria das condições de trabalho e a reestruturação das carreiras. Os sindicatos que participam da mobilização elaboraram um anteprojeto de lei de reestruturação da Polícia Civil e Técnica, o que inclui um novo Plano de Cargos e Salários para delegados, escrivães, peritos criminais, investigadores e peritos técnicos.

As reuniões têm reunido representantes de diversas entidades como Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB); Sindicato dos Policias Civis da Bahia (SINDPOC); Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia (AFPEB); e Sindicato dos Investigadores da Policial Civil do Estado da Bahia (SINDPOL).

(Bahia Notícias)