Breaking News

Estado do aeroporto de Barreiras gera reclamações entre os usuários



Foto: TV Oeste.

Passageiros que utilizam o aeroporto de Barreiras, cidade no oeste da Bahia, reclamam da estrutura do local, que não nem sala de espera. A falta de ar-condicionado, praça de alimentação, assentos suficientes para a demanda de passageiros e o transporte manual das bagagens também são queixas frequentes de quem usa os serviços do terminal.

"A gente percebe que as bagagens são transportadas manualmente. Eu acho que uma melhoria nesse sentido deveria ter. A estrutura do aeroporto é um pouco antiga", disse o coordenador de atendimento Pablo Daniel de Sá, que passou pelo local para viajar.

Pelo saguão do aeroporto passam em média 350 pessoas por dia. Do local, saem voos cinco voos diários, com destino, por exemplo, a Salvador, Brasília e Belo Horizonte.

"A gente não é daqui, então a gente chega mais cedo [para pega o voo] e está cansada, ás vezes quer comer alguma coisa e a gente não tem estrutura aqui para atender o turista", disse a advogada Aline França.

O engenheiro Rubem Rondina conta que viaja com frequência e costuma passar por grandes aeroportos no país. Quando ele encontra uma estrutura como a do aeroporto de Barreiras, ele lamenta e destaca o pagamento da taxa de embarque que o passageiro.

"Você ter uma estrutura, você ter banheiros, acentos adequados isso é importante. Faz parte, inclusive você paga essa taxa [de embarque] em todos os aeroportos", afirma Rubem.


Barreiras é uma das cidades baianas que se destacam no agronegócio e o aeroporto da cidade é a porta de entrada para as cidades do oeste da Bahia, como A Luís Eduardo Magalhães, distante cerca de 90 km de Barreiras, e que também se destaca no agronegócio baiano.

Por meio de nota, a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) destacou os investimentos feitos nos aeroportos do interior da Bahia. Conforme a pasta, foram investidos até agora mais de R$ 200 milhões na construção e modernização de alguns deles. Ainda de acordo com a secretaria, o aeroporto de Barreiras passou por uma ampliação de área patrimonial com a colocação de uma nova cerca, também foi construída uma base avançada do Grupamento Aéreo da Polícia MIlitar (Graer).

(Fonte: Portal G1).