Destaques

Jô Soares se despede do 'Programa do Jô' após 16 anos: 'Sem plateia eu não existo'



Foto: GShow


Jô Soares avisou que não queria nada de diferente para o último programa, mas não tinha como não ser feito com um gostinho ainda mais especial. Depois de 16 anos no ar, o Programa do Jô, que estreou em abril de 2000, chega ao fim nesta sexta-feira, 16/12. “Estamos estreando...”, brincou Jô ao entrar no palco durante a gravação. “Antes de tudo, quero agradecer ao Silvio Santos por esse programa que modificou a minha vida”, disse o apresentador.

Emocionado, Jô agradeceu a sua equipe e a todos que o assistiram durante esses anos. “A minha vida, antes de qualquer coisa, foi modificada, mudou graças a essa plateia, graças a vocês. Por que eu quero sempre ter uma plateia na minha frente? Porque sem plateia eu não existo. Agradeço sempre, do fundo do meu coração”, entregou.

Para encerrar a atração, o escolhido foi Ziraldo, amigo de longa data do apresentador. "Escolhi um convidado pra lá de especial porque além de ser uma artista genial, de reputação internacional, é recordista de vindas ao programa. Todo ano ele veio", anunciou o apresentador, que recebe o cartunista pela 24ª vez.

Foram 14.426 entrevistas realizadas com grandes nomes de diversas áreas, como Pelé, Roberto Carlos e Caetano Veloso. Mesmo assim, Jô enfatizou que suas melhores conversas foram com desconhecidos. “Para mim, o grande mérito do programa, que me deixa muito feliz, são os anônimos do país, do povo brasileiro, que modificaram suas vidas e a minha”, contou o apresentador, que exibiu trechos de conversas marcantes de todas as temporadas e fez questão de agradecer a todos os integrantes da banda e enfatizar a importância das Meninas do Jô.

A despedida do apresentador teve emoção, mas foi cheia de bom humor. Ele, inclusive, falou sobre o bate-papo com o Rei, que aconteceu recentemente. “Fiz um programa aqui semana passada, que graças a Deus não foi último, que foi com o Roberto Carlos e chorei muito. Depois, vi um trecho e não aguento me ver, porque quando me vejo me acho até gordo”.

(GShow).