Destaques

Senado derruba cobrança por bagagens em viagens aéreas




Na noite da última quarta-feira (14), o Senado aprovou um projeto para sustar os efeitos da decisão da ANAC – Agência Nacional de Aviação, que permitiu que as empresas aéreas passem a cobrar pelas malas que são despachadas. A Câmara dos Deputados precisa ainda confirmar a decisão do Senado.

O objetivo dessa medida, é permitir uma diferenciação nos preços e permitir custos mais baixos para quem não for despachar a mala.

Atualmente todo passageiro já paga, em sua tarifa, pelo custo da bagagem que transporta, ou seja, não há nada gratuito nas viagens aéreas. Em 2015, 41 milhões de passageiros que viajaram sem bagagem despachada pagaram por essa bagagem que não transportaram.

Para evitar prejuízo, a companhia aérea aplica a cobrança de 23 quilos sobre todos os passageiros. O peso influencia diretamente nos custos das aeronaves, porque afeta o consumo de combustível, insumo mais caro do setor aéreo.

(Globo.com e Valor Econômico via RBN)