Últimas Notícias

Temer diz que não tem energia para um segundo mandato


Conduzido ao Palácio do Planalto após o impeachment da presidente Dilma Rousseff, Michel Temer (PMDB) teria dito a pessoas próximas que não teria energia para um eventual segundo mandato.
Aos 75 anos e pai de um filho pequeno, Temer quereria se dedicar à família, de acordo com o Radar Online.
Após ascender à presidência, o peemedebista afirmou, em mais de uma oportunidade, que não pensa em reeleição, porém correligionários ainda mantém desconfiança sobre a possível aposentadoria do cacique em 2018.
Além do argumento de se dedicar à família, Temer sugere que quer entrar para a história como o pai das reformas estruturantes, que, segundo ele, só serão reconhecidas depois de o país voltar a crescer.

(Bahia Notícias)