Destaques

Após estimulante sexual, homem morre por ereção prolongada




Um nigeriano morreu em um hotel após tomar um medicamento estimulante sexual para impressionar a companheira. O corpo foi encontrado no local ainda com o pênis ereto.

Segundo o Daily Mail, o homem, identificado apenas como Samson, tomou um remédio chamando Manpower, que supostamente possui efeitos similares ao Viagra. Ele teria feito sexo por um longo tempo, mas não conseguiu ejacular. A suspeita é que ele tenha morrido por consequência de tal estresse.

Mais cedo, ele estava bebendo em um bar. Ele, que é casado e pai de três filhos, estaria flertando com a outra mulher há três meses. Ele nunca havia tomado o remédio e também não costumava beber, diz a matéria do Daily Mail. Acredita-se que a parceira dele fugiu após o fato.