Últimas Notícias

Em liberdade, goleiro Bruno possui vínculo com clube mineiro



Após deixar a prisão em virtude de uma liminar deferida na última terça-feira (21), o goleiro Bruno, acusado de matar Eliza Samúdio, tem um porto seguro no futebol.
De acordo com o presidente do Montes Claros-MG, com quem tem contrato até 2019, as portas estão abertas para o jogador. "O Bruno tem contrato conosco até 2019. Abrimos as portas pra ele quando fizemos o contrato em 2014", declarou Ville Mocellin, em entrevista ao jornal Extra.
O Montes Claros, no entanto, está com as atividades paradas em virtude das dificuldades financeiras. "Vou me encontrar com o advogado do Bruno depois que ele sair da prisão e vamos conversar para ver o que será feito", indicou.
O contrato do Bruno com o clube mineiro segue ativo no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

(Bahia Notícias)