Últimas Notícias

Festas consolidam Bom Jesus da Lapa como destino turístico religioso


Bom Jesus da Lapa é um dos maiores exemplos de fé cristã no Brasil. O município abriga o Santuário de Bom Jesus da Lapa, lugar de romaria há mais de trezentos anos. O período de maior movimentação ocorre entre julho e setembro. Nessa época, mais de 700 mil pessoas visitam a cidade.

BomJesusLapa001

Conhecida como a Capital Baiana da Fé, Bom Jesus da Lapa, cidade com 70 mil habitantes, no oeste do Estado, e a cerca de 900 quilômetros de Salvador, vive temporada de festas religiosas de julho até janeiro. O ponto alto acontece de 28 de julho a 6 de agosto (dia dedicado ao padroeiro do município), quando o município concentra mais de 500 mil romeiros no Novenário e Festa de Bom Jesus.


BomJesusLapa002

A Festa do Bom Jesus é a terceira maior romaria do Brasil, depois de Aparecida, em São Paulo, e do Círio de Nazaré, no Pará. Praças, hotéis, pousadas, restaurantes e estacionamentos de Bom Jesus da Lapa ficam lotados por romeiros, devotos e turistas que deixam seus lares para se acomodar na cidade.

A programação é marcada por missas no santuário, homenagens e procissões pelo circuito religioso da cidade. Os visitantes participam também de procissões pelas grutas que marcam o cenário de fé em Bom Jesus. Eles vão em busca de graças ou para agradecer benfeitorias recebidas por intercessão dos santos católicos, consolidando a cidade como um dos principais destinos do turismo religioso no Brasil.


BOM JESUS DA LAPA (18)

ROMEIROS – Realizada há mais de 300 anos, a Festa do Bom Jesus recebe um número cada vez maior de romeiros que fazem da cidade um verdadeiro reduto de fé. O município é banhado pelo Rio São Francisco, com cenário majestoso formado de belas paisagens, abriga o Morro do Bom Jesus, feito de calcário maciço, rodeado por grutas e dividido em galerias.

A primeira romaria – da Terra ou das Missões – começa em julho, quando os peregrinos da região dirigem-se ao santuário. Já a romaria ao Bom Jesus – a maior delas – reúne milhares de pessoas, a partir de 20 de julho. A novena tem início no dia 28 e atinge seu ponto alto no dia 6 de agosto, quando é consagrado o santo padroeiro do município.


BOM JESUS DA LAPA (4)

Uma das grandes atrações que chamam a atenção dos visitantes é o Morro do Bom Jesus da Lapa. Com 90 metros de altura, o morro tem suas grutas, que são visitadas pelos peregrinos a caminho da cidade, que ali pedem e agradecem as graças alcançadas. A mais conhecida é a Gruta do Bom Jesus, diante da qual fica o lago Esplanada da Gruta.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Ministério do Turismo (MTur), nos últimos 12 anos, as manifestações religiosas movimentaram cerca de R$ 8 bilhões, por ano, em todo o país. O MTur estima que cerca de oito milhões de pessoas viajem para fazer turismo religioso no Brasil, dentre eles cerca de 25 mil turistas estrangeiros.

SANTUÁRIO – A religiosidade do povo brasileiro se expressa ao longo do Velho Chico: cada cidade, povoado e lugarejo, por menor que seja, conta com uma capela ou igrejinha. Às margens do rio, também está um dos mais famosos pontos religiosos do nordeste, o Santuário de Bom Jesus da Lapa. Verdadeira Meca dos sertões, a igreja regula a vida da cidade que leva seu nome e atrai milhares de romeiros todos os anos.

O Santuário do Bom Jesus da Lapa é um dos mais antigos santuários no Brasil. Já completou mais de 300 anos desde quando se tornou lugar de romarias. A cidade de Bom Jesus da Lapa, não é nenhum centro turístico, comercial, ou mesmo industrial. Sendo a Lapa uma cidade no sertão baiano que é conhecida no Brasil inteiro. A importância vem do Santuário do Senhor Bom Jesus, que abriga sua milagrosa Imagem agasalhada na gruta. Bom Jesus da Lapa tornou-se famosa graças as romarias ao Santuário do Senhor Bom Jesus, anualmente visitado por milhares de peregrinos. Toda essa gente está peregrinando ao Santuário do Senhor Bom Jesus da Lapa, numa incessante visita, para encontrar-se com Cristo, a fim de se reconciliar com Deus.


bom jesus da lapa wzx (18)

Bom Jesus da Lapa é terra de oração. Daí vem sua importância como centro religioso. Anualmente por lá passa uma procissão de pobres e de ricos. Todos querem neste Santuário falar com Jesus, apresentar-lhe seus agradecimentos e pedidos. Muitos trazem dores terrestres e levam consolações celestes, outros vão atormentados pela consciência dos pecados e misérias, e voltam aliviados pela graça do perdão e da paz. A devoção ao Senhor Bom Jesus, está enraizada no coração do povo brasileiro. Considerada milagrosa, a gruta de Bom Jesus da Lapa tornou-se um dos maiores símbolos religiosos do interior. O povo se reúne aos milhares na esperança de conseguir favores e agradecer uma benção. Numa região de natureza sofrida, a gruta de Bom Jesus da Lapa representa a esperança na fé, muitas vezes a única que prevalece.

A história da primeira grande cidade às margens do Rio São Francisco, quando este entra no território baiano, está diretamente ligada ao santuário, principal razão da prosperidade local. Até hoje o município cresce em torno do penhasco ou “lapa”, onde está o santuário. Desde o final do século 17, a devoção vem crescendo e a gruta começou a ser visitada por quantos desciam ou subiam nas “gaiolas” e canoas o São Francisco, acompanhados pela população móvel do ciclo da mineração e pelos romeiros, que até hoje chegam em caminhões “paus-de-araras”.