Breaking News

Trinta famílias vivem em localidade sem energia elétrica na Bahia


Foto: TV São Francisco


Cerca de 50 famílias que moram na Ilha do Quipá, localizada a cerca de 20 km de Juazeiro, no norte da Bahia, vivem sem energia elétrica nas casas, desde que se mudaram para a localidade, há décadas. Apenas 11 imóveis da ilha possuem energia limitada, gerada por um sistema que capta a energia solar. A carga não é suficiente para manter equipamentos elétricos ligados por muito tempo, inclusive geladeira.

O sistema foi instalado nas casas da ilha pela Companhia de Energia Elétrica da Bahia (Coelba), em 2008. Segundo a empresa, na época, apenas as 11 famílias beneficiadas pelo programa quiseram receber o equipamento que permite a captação da energia solar. A Coelba informou que esta é a única forma de fornecer energia para a população, porque a localidade fica distante das redes de transmissão da região.

Conforme os moradores que utilizam o sistema, cada um paga uma taxa de R$ 20 a R$ 30 por mês, mas a energia não é suficiente para suprir a demanda diária. O agricultor Antônio Raimundo Souza informou que quando o consumo ultrapassa a energia que há disponível, o fornecimento só é retomado no dia seguinte.


"No dia você pode até utilizar alguma coisa. Agora partiu para a noite, ligar só o bico de luz mesmo e a televisão até determinada hora", contou o agricultor.
Foto: TV São Francisco

Os moradores que não possuem o sistema de captação precisam utilizar candeeiros para manter a casa iluminada durante a noite e não podem usar equipamentos elétricos. Uma das pessoas que sofre com o problema é a pescadora Maria Nice da Conceição Nunes, que se diz triste pela limitação imposta pela falta de energia elétrica.

"A gente precisa fazer um suco para tomar e não pode, porque não tem energia. A gente precisa gomar uma roupa e não pode usar uma roupa gomada. A gente pesca um peixe e não tem onde botar, porque não tem uma geladeira, não tem um freezer", lamenta.

Por conta do uso do candeeiro, o filho da agricultora Maria Conceição sofreu um acidente e quase teve queimaduras graves. "Ele dormia em um colchãozinho, botou o candeeiro ao lado. Pegou fogo, quase pega fogo em todo mundo aqui", disse a agricultora.

Em nota, a Coelba informou que vai mandar uma equipe para a região para avaliar a situação e instalar novos equipamentos de energia solar nas casas, mas ainda não há uma data definida para isso.

(G1 Bahia)