Últimas Notícias

Após polêmica na web, Youtube planeja terminar com censura a conteúdo LGBT






A maior plataforma de vídeos online, o Youtube, estava sendo um dos assuntos mais comentados no inicio dessa semana. O conhecido “modo restrito”, criado pelos produtores para limitar conteúdos impróprios para menores de 18 anos, terminou limitando conteúdo LGBT da plataforma, além de alguns clipes de música. 

Em relação as críticas, uma das produtoras do Youtube, Johanna Wright, admitiu haver um erro e anunciou plano para tentar solucionar o problema. 

“Nos últimos meses, e definitivamente nos últimos dias, a partir de membros LGBTQ e de outras comunidades, tivemos muitas questões sobre o que é o Modo de Restrição e como funciona”, escreveu Wright. “O ponto é, que esta ferramenta não está funcionando do jeito que deveria. Nós pedimos desculpas e iremos consertá-la.” 

“Nosso sistema às vezes comete erros para tentar entender o contexto e as nuances quando define quais vídeos irão para o modo de restrição”, explicou a executiva.

(Varela Notícias)


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.