Breaking News

"É muito estranha a sensação... não queira sentir... dá medo", relata estudante que sentiu tremores de terra em Salvador


Foto: ilustração

A redação do Portal Lapa Oeste manteve contato com uma estudante residente em Salvador, que relatou os momentos e as sensações quando ocorreram os tremores de terra na capital baiana. Apesar dos relatos na imprensa sobre ontem e hoje, ela garantiu que os tremores foram sentidos no meio da semana passada, por todos os seus colegas em sala de aula.

Segundo a estudante, "dá um frio na barriga na hora do tremor", "é muito estranha a sensação... não queira sentir... dá medo", exclama. Ela acrescentou que durante a semana os tremores retornavam a cada meia-hora.

O moradores da capital relataram pelas redes sociais a ocorrência dos tremores na noite deste sábado (25) e manhã deste domingo (26), em Salvador, Ilha de Itaparica e cidades do interior como Sapeaçu, Maragogipe, Santo Antônio de Jesus, Nazaré e Enseada do Paraguaçu.

 "...moro na Fazenda Grande do Retiro. Eram 07:00 hs quando senti um forte tremor em minha casa. Eu estava sentado no sofá quando aconteceu. A casa toda estremeceu a cachorra latiu apavorada", relata um morador de Salvador através do Facebook.


Foto: A Tarde

De acordo com G1 Bahia alguns moradores afirmam que ouvido um estrondo. "Eu ouvi e pensei que alguma coisa muito pesada tinha caído no chão, uma janela, algo do tipo, mas quando fui ver não era nada. Foi um barulho bem forte de uma vez só", disse o estudante Jonathas Souza. Ele mora no Dique pequeno, na região do Dique do Tororó.

"Estava tomando café, quando ouvi um forte barulho. Achei que poderia ser algo caindo no prédio, mas a porta, janelas e móveis tremeram por alguns segundos, cerca de 20. Fiquei assustado e cheguei a olhar pela varanda e na porta se estava acontecendo algo com o prédio", relatou o jornalista Raphael Carneiro, que mora no Acupe de Brotas, em contato ao G1 Bahia.

O Observatório de Sismologia da Universidade de Brasília (Unb) não registrou eventos sísmicos na capital baiana ou área próxima que pudesse justificar os relatos de moradores. O mesmo ocorreu com o observatório especializado da Universidade de São Paulo (USP), que disponibiliza consultas de "eventos significativos" por meio de sua página na internet. A Defesa Civil de Salvador também não tem ocorrência relacionada ao fato.

No boletim da Rede Sismográfica Brasileira (RSB), o último evento significativo registrado ocorreu na região de fronteira entre o Peru e o Brasil, neste domingo, com magnitude 4.1, o que segundo especialistas da Universidade de Brasília ouvidos pelo G1 não é capaz de ocasionar tremores na Bahia.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.