Últimas Notícias

Idoso confessa assassinato da professora de estudos bíblicos


Foto: Facebook

O idoso Francisco Lopes Ferreira, de 64 anos, confessou a morte de Simone de Moura Facini Lopes, de 31 anos, após ser preso nesta segunda-feira (20), ao sair de uma mata onde ficou escondido por dez dias. O outro suspeito do crime foi detido alguns dias antes e identificado como Juvenal Pereira dos Santos, de 47 anos.

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima ministrava curso de estudos bíblicos para o idoso em sua residência, na cidade de São José do Rio Preto (SP), há quatro anos. O assassino se aproximou da família de Simone, frequentando sua casa em ocasiões de reuniões familiares.

O corpo de Simone foi encontrado em uma chácara na zona rural do Município, onde residia Juvenal, no último dia 12 de março, já em estado de decomposição. A vítima apresentava sinais de violência sexual e graves lesões na cabeça. Juvenal entregou uma marreta com manchas de sangue, possivelmente utilizada no assassinato.

Segundo César Augusto Lopes, marido de Simone, a esposa nunca demonstrou medo de ir à chácara. Em momento algum minha esposa sentiu medo, ele passou o Natal na casa da minha sogra, então, ele me enganou, enganou minha sogra, meu sogro. Ele enganou muita gente. Uma vez uma vizinha veio me dizer que seria perigoso ela ir lá sozinha porque havia dois homens. Então, eu a chamei para conversar e pedi para ela parar de ir, mas ela disse que quando ia o outro rapaz não ficava lá, que eu não precisava me preocupar", relata.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.