Últimas Notícias

“The Voice Kids” volta a “decepar” Victor e deixa Leo sozinho no palco


Foto: divulgação

“Os técnicos de pé”, diz André Marques sobre a repercussão do primeiro número musical do “The Voice Kids” neste domingo (05), interpretado por três meninas. Mas as imagens só mostram Carlinhos Brown, o técnico do time, e Ivete Sangalo. Se os outros dois jurados, Victor & Leo, também se levantaram, não sabemos – foram cortados da cena.

Pelo segundo domingo seguido, a Globo exibiu uma versão reeditada de um episódio previamente gravado do “The Voice Kids”. Como ocorreu no programa apresentado em 26 de fevereiro, a emissora optou por excluir quase todas as imagens em que o cantor sertanejo Victor aparecia.

Quem assistiu ao episódio do último domingo de fevereiro notou que a decisão de excluir Victor foi tomada às pressas. Ao final da batalha do trio formado por Giulia, Laura e Luiz Ricardo, os dois irmãos foram ao palco abraçar os candidatos, mas os cortes deixaram Victor sem cabeça.

Uma semana depois, apesar de contar com mais tempo para reeditar, o programa voltou a
Foto: divulgação
“decepar” Victor (imagem ao lado), além de sumir com as falas do sertanejo. O cantor foi visto apenas de longe, como um fantasma, fora de foco. 

A reedição acabou prejudicando os candidatos do time Victor & Leo, que apareceram menos que os demais. Não tiveram direito a um VT de bastidores, mostrando como se prepararam para a disputa. E o público não teve a chance de ouvir o que os músicos acharam dos candidatos – somente Ivete e Brown avaliaram os jovens.


Victor surgiu em cena três vezes, por dois segundos cada, apenas para dizer o nome dos vencedores (Lucas Viola, Gui Marques e Mari Medeiros) das três batalhas de trios do seu time, mas sem direito a apresentar as suas justificativas para os votos. 

A Globo anunciou na abertura do programa da semana anterior que Victor decidiu se afastar do “The Voice Kids” para se dedicar ao caso que o colocou no noticiário policial dois dias antes de o episódio ir ao ar.

Na manhã de 24 de fevereiro, uma sexta-feira, a mulher do cantor, que está grávida, o acusou formalmente de agressão em uma delegacia em Belo Horizonte. 

No dia seguinte, Poliana Bagatini prestou depoimento e fez exame de corpo de delito. E no domingo, horas depois de o programa ir ao ar, foi divulgada uma carta na qual afirma: “Victor não me machucou e nunca me machucaria” . Em entrevista ao “Fantástico”, naquela mesma noite, Victor disse: “Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos minha esposa, que tá grávida do João”.

No próximo domingo (12), o “The Voice Kids” será ao vivo.

(Mauricio Stycer / UOL)