Últimas Notícias

Detran prepara leilão de 1600 veículos em Salvador



Foto: ilustração

Com o pátio lotado e esgotado o prazo legal de retirada, o Detran – Departamento Estadual de Trânsito prepara um mega leilão de veículos e motos em Salvador nos próximos dias. São 1.469 veículos de diversas marcas, metade dos quais em nomes de 29 bancos, instituições financeiras e administradoras de consórcios, em anos que vão de 1999 a 2014.

O edital de intimação dos proprietários, bancos e instituições financeiras, já teve o prazo prorrogado até a próxima segunda-feira, mas segundo as informações da Comissão de Leilões do Detran, ainda dá tempo dos donos dos veículos poderem retirá-los, mediante o encaminhamento de ofício ao órgão, e posterior pagamento de multas e taxas de estacionamentos. A comissão informou ainda que este será o primeiro leilão do ano em Salvador e deverá ocorrer até a segunda metade de maio.

Muitos dos carros e motos estão em nome de bancos, como o Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil, HSBC, Caixa, Aymoré e Lloyds Bank entre outros,. E também de financeiras, com o Finasa BV Financeira e Panamericano, assim como de administradoras de consórcios, como o BB Administradora, Motopema, Honda e Suzuki. Os veículos estão estacionados no pátio do Detran, no bairro de Mussurunga, e pela quantidade, tem atraído a atenção de curiosos do próprio bairro e de comerciantes.

No Edital de Notificação, o Detran adverte que a Resolução nº 623 de 06 de setembro de 2016 do Contran, dá respaldo ao leilão, uma vez que os proprietários ou financeiras dos veículos foram notificados publicamente e tiveram um prazo legal para a retirada dos veículos, mas que esgotado esses procedimentos, os mesmos podem ser alienados e irem a leilão, conforme determina a legislação. O último leilão de veículos no Estado foi feito em abril, nas cidades de Vitória da Conquista, Brumado, Santo Antonio de Jesus, Valença, Amargosa, Conceição do Coité e Serrinha. Foram vendidos 1.700 veículos.


Pregões

A coordenadora de Leilões do Detran, Cristiane Costa, informo que este ano deverão ocorrer o leilão de mais de 14 mil veículos na capital e no interior do Estado. Segundo ela, em todas as coordenações de trânsito, os pátios estão cheios de veículos, a maioria deles apreendidos em blitzen que identificam irregularidades na documentação ou mesmo o não pagamento do IPVA (Imposto sobre a propriedade dee Veículos Automotores) que é obrigatório e anual.

Cristine Mota explicou também que nos casos em que os veículos vão a leilão, a maioria dos proprietários, principalmente bancos e financeiras, não efetuam a retirada do veículo, preferindo que os mesmos sejam leiloados, na expectativa de conseguirem um melhor preço. Nos casos em que a venda do veículo obtenha um valor menor que os gastos com multas e taxas, o antigo proprietário é notificado para fazer o ressarcimento do saldo devedor. Já o comprador em leilão, não arca com quaisquer outros custos além do que for dado nos lances de arremates.

Ainda conforme a coordenadora de leilões, o Detran pode leiloar quaisquer veículos que sejam recolhidos em blitzen dentro de um prazo mínimo de 60 dias se não forem reclamados pelos proprietários. Depois de notificados, os proprietários podem retirá-0los até um dia útil antes da realização do pregão. A partir daí ele terá que se submeter à disputa dos lances no leilão.

No ano passado o Detran leiloou 7.592 veículos, arrecadando R$ 10.309.142,00. “A nossa expectativa é de arrecadar o dobro dos valores este ano, já que também deveremos dobrar o número de veículos leiloados”, disse Cristiane. Além dos 1.469 veículos que serão leiloados agora em maio, já está programado um próximo leilão, com 2;240 veículos, que vai acontecer em junho no interior do Estado.

(Tribuna da Bahia)


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.