Breaking News

Igreja Católica fecha questão ao lado dos trabalhadores




A Igreja Católica possui 308 bispos e arcebispos no Brasil, segundo informações do jornalista Mauro Lopes, no site Outras Palavras. Desses, 65 já haviam publicado manifestações favoráveis aos movimentos grevistas marcados para o dia 28 de abril, contra as reformas trabalhistas e da previdência, anunciadas pelo Presidente Michel Temer.

Para Lopes, é uma mobilização eclesial na direção dos pobres não vista desde o fim do regime militar no Brasil. Os líderes religiosos utilizaram, principalmente, a internet para conclamar a população à paralisação geral. Alguns utilizaram os espaços das celebrações religiosas para apoiarem a luta dos trabalhadores brasileiros.

Segundo Mauro Lopes é uma mobilização eclesial na direção dos pobres não vista desde o fim do regime militar no Brasil, sob o impacto da mudança de rumos que o Papa Francisco lidera na Igreja em todo o mundo.

Entre as exceções existentes, estão os cardeais Odilo Pedro Scherer, de São Paulo, e Orani Tempesta, do Rio de Janeiro, locais alinhados com a política do Governo Federal.

A própria Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), condenou as reformas propostas por Temer, pela voz de seu secretário-geral, dom Leonardo Steiner (aqui).


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.