Destaques

Novo estudo aponta origem diferente para o Mal de Alzheimer



Um estudo sobre o Mal de Alzheimer aponta um novo olhar para o origem da doença: em vez da tese de surgir na área do cérebro associada à memória, a doença seria originária da morte de neurônios da região vinculada às mudanças de humor. O estudo foi publicado na revista Nature Communications.
A nova pesquisa aponta que a doença surge na área tegmental ventral, onde é produzida a dopamina, neurotransmissor vinculado às mudanças de humor. A morte dos neurônios desacelera a chegada desta substância ao hipocampo, causando perda das lembranças, que é o principal sintoma da doença.
"A área tegmental ventral relança a dopamina também na área que controla a gratificação. Na qual, com a degeneração dos neurônios dopaminérgicos, também aumenta o risco de perda de iniciativa", explicou o pesquisador. As mudanças de humor seriam, assim, um "alarme" sobre o início da patologia. "Perda de memória e depressão são duas faces da mesma moeda", concluiu.

(Bahia Notícias)


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.