Destaques

Polícia indicia cantor Victor por agressão após análise das imagens de câmeras do elevador


Foto: TV Globo
A Polícia Civil de Minas Gerais indiciou Victor, da dupla com Léo, por agressão. As investigações após denúncia de Poliana Bagatini Chaves, esposa do cantor, foram concluídas nesta terça-feira (4).
Grávida, a companheira do sertanejo prestou queixa em 24 de fevereiro (lembre aqui), relatando que foi empurrado e teria recebido chutes do artista. "A Polícia Civil, diante das provas coletadas, concluiu pelo indiciamento de Vitor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima”. 
Durante inquérito, Victor negou todas as acusações e quase se livrou do indiciamento, com o resultado do laudo de exame de corpo de delito negativo (lembre aqui). No caso da pena do cantor, deverá ser feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e a pena geralmente ocorre por prestação de serviço à comunidade ou o pagamento de cestas básicas.
De acordo com informações de um especialista, em entrevista ao G1, a pena prevista para o caso é de 15 dias a três meses de reclusão, raramente acontecendo prisão.

(Bahia Notícias)


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.