Últimas Notícias

Política. Antônio Imbassahy não tem missão no Planalto




O ministro Antônio Imbassahy, que ocupa o cargo que foi de Geddel Vieira Lima, está completamente perdido no Palácio do Planalto e não sabe para onde vai ou para onde fica. O cargo de ministro parece ser ainda de Geddel, que mandava e desmandava no Palácio, por ser amigo íntimo de Michel Temer. Aliás, era um dos ministros que entrava no gabinete do presidente sempre que queria, enquanto que, no momento, quem dá as ordens é Moreira Franco.
De acordo com informações do Palácio, Antônio Imbassahy é simplesmente um homem que fica alheio às informações, muito distante do que competia a Geddel. Por sinal, todos os funcionários do gabinete de Geddel, continuam exatamente como estavam e não se sabe quem Imbassahy levou.
O mandachuva agora é Moreira Franco, cujo gabinete é próximo ao do presidente, de sorte que pode entrar e sair quando quiser e, principalmente, quando é chamado. Imbassahy ficaria melhor se estivesse no seu posto anterior, como líder do PSDB, onde “aparecia” muito mais do que ficar a vagar sozinho no seu gabinete, com pouca coisa a fazer porque não lhe transferem missões.
No Palácio do Planalto o que vale é estar próximo ao presidente o que não acontece em relação ao político baiano. A escalada do político foi rápida e demorou a ser chamado para ocupar o cargo de ministro de Estado, ficando a espera do chamado pelo menos um mês e meio, até que o presidente lembrou-se dele. Portanto, o deputado da Bahia, ora ministro, está numa situação em que não é procurado.

(Samuel Celestino)


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.