Breaking News

Bahia: professores universitários paralisaram atividades por três dias



Foto: divulgação

Professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) paralisaram atividades até o próximo dia 26, cumprindo decisão tomada em assembleia realizada na última sexta-feira (19).

A paralisação foi adotada para que integrantes da categoria possam participar do movimento Ocupa Brasília, na capital federal, nesta quarta-feira (24), como protesto contra as reformas de Michel Temer.


A categoria já marcou nova paralisação no dia 30 de maio, como protesto pelas condições enfrentadas pelos professores da rede estadual de ensino.

De acordo com o G1 Bahia, os professores dizem que há dois anos não recebem reajuste linear, o que totalizaria perdas salariais de mais de 20%. Além disso, mais de mil professores das universidades estaduais baianas estão em condições de serem promovidos, mas o governo não concede as promoções. Os professores reivindicam também que 7% da receita líquida dos impostos sejam destinados para as quatro universidades estaduais baianas.

Ainda segundo o G1, o Governo do Estado informou que está em diálogo permanente com o movimento docente, por meio das secretarias da Administração e da Educação. A administração estadual ainda informou que "progressões, promoções e, também, reajustes salariais não podem ser concedidos, neste momento, em função de o Estado ter extrapolado o limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Portanto, há um impedimento legal".

Com relação à reivindicação de que 7% da receita líquida dos impostos seja passada ás universidades estaduais, o Governo disse que está impossibilitado de aumentar o repasse orçamentário para as universidades, devido à diminuição da arrecadação pelo Estado. A nota ainda diz que processos de adicional de insalubridade estão sendo analisados conforme as informações fornecidas pelas universidades, complementou o Portal G1.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.