Breaking News

Delegado foi acusado de associação para o tráfico



O delegado titular da cidade de Pindaí, no sudoeste da Bahia, foi preso na quinta-feira (11), suspeito de peculato e associação para o tráfico. Nilo Ebrahin Ribeiro Bonfim, de 46 anos, foi preso por agentes da Corregedoria da corporação (Correpol). A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (12).

Outras três pessoas suspeitas de agir em parceria com o delegado também tiveram a prisão preventiva cumprida. Ezequias Silva Costa Júnior foi preso em Salvador. Ele é tio de Jeremias Silva Costa, também suspeito de agir junto com o delegado, e que foi preso em Carinhanha, onde também foi capturado Everton Pereira Costa. Eles não são servidores da Polícia Civil.

Conforme a polícia, a corregedoria cumpriu um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juízo Criminal de Cariranha. O delegado já foi titular da unidade policial da cidade, também na região sudoeste do estado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a Correpol começou a investigar o delegado após denúncias de que ele praticava crimes de peculato, associação para o tráfico e venda de inquéritos, dentre outros, quando ainda era titular da Delegacia de Cariranha, em 2016. Nilo Ebrahin faz parte da corporação desde 2006.


Guanambi FM


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.