Breaking News

Lapa: uma tentativa e dois assassinatos em três dias gera clima de medo na população



Arizinho. Foto: Whatsapp
Moradores de Bom Jesus da Lapa manifestam medo e revolta contra as atos de violência cometidos na cidade, que criaram um clima de insegurança na população.

Diversas pessoas utilizaram as redes sociais para cobrar das autoridades competentes providências, principalmente, porque se aproxima o tradicional festejo do São Pedro, com a presença de turistas de diversas cidades do Oeste da Bahia.

Na última sexta-feira (23), Max William Marcelino da Silva, de 35 anos, foi morto com vários tiros na rua São Domingos, no Bairro Nova Brasília. A vítima foi solta da cadeia dias antes e residia na Agrovila 15.

Neste sábado (24), o funcionário do Santuário identificado como Fábio, foi atingido por uma bala disparada por bandidos, que perseguiam um homem não identificado, que buscou refúgio na Casa Paroquial. A vítima foi socorrida pelo SAMU e encaminhada para atendimento médico, sendo liberada sem risco de morte.

No final da tarde deste domingo (25), um jovem conhecido como Arizinho foi assassinado com vários tiros que atingiram a cabeça, as costas e a perna, enquanto conversava com amigos no "Pé de Tamarindo", Bairro Cavalhada. Os dois assassinos chegaram em uma moto e efetuaram os disparos contra a vítima, fugindo em seguida. Uma equipe do SAMU esteve no local e constatou a morte do jovem.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.