Últimas Notícias

Ibametro intensifica fiscalização para recolher brinquedo hand spinner



O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia e autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), recolheu 2.469 mil brinquedos irregulares, sendo 610 unidades de hand spinner (girador de mão), em fiscalização realizada no comércio de Salvador e do município de Barreiras, no oeste, entre os últimos dias 10 e 15. 

A operação teve como foco o hand spinner, nova sensação entre as crianças. Segundo o Ibametro, o brinquedo é perigoso por conter diversas pontas e rolamentos. O Inmetro identificou acidentes envolvendo o produto, no exterior, relacionados ao engasgamento com a ingestão de partes pequenas, em especial, dos rolamentos.


Os produtos apreendidos estavam sendo comercializados em lojas e supermercados sem o selo do Inmetro, o que significa que eles não passaram por testes de segurança exigidos no processo de certificação. As empresas foram autuadas e vão pagar multas que podem chegar até a R$ 1,5 milhão, se considerados fatores agravantes, como a reincidência. 

“Os pais precisam comprar produtos certificados para evitar riscos de acidentes. Além disso, devem observar a indicação da faixa etária. O hand spinner é contraindicado para crianças de até seis anos. Nos modelos movidos a motor, o risco é ainda maior devido à possibilidade de ingestão das baterias tipo botão”, explica o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal. 

Comercialização

Considerado pelo Inmetro como brinquedo, o hand spinner apenas pode ser comercializado no Brasil se cumprir com os requisitos técnicos definidos nas portarias vigentes sobre o tema. Além disso, deve ser submetido aos ensaios previstos pelo processo de certificação. Consequentemente, poderá ostentar o Selo do Inmetro. Caso contrário, o produto estará irregular no mercado.

A fiscalização apreendeu ainda brinquedos como armas de brinquedos que dão choque elétrico no contato com a pele e o ioiô bol, brinquedo proibido no Brasil devido ao risco de estrangulamento. Denúncias sobre a comercialização do brinquedo sem o Selo do Inmetro devem ser feitas à Ouvidoria do Ibametro, por meio do telefone 0800 071 1888.

SECOM/BA


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.