Breaking News

Nova regra de teto de gastos já atinge educação e programas sociais




A nova realidade orçamentária do Brasil já está começando a afetar áreas como educação e assistência ao trabalhador, que passaram a ter cortes de recursos. O Bolsa Família e o seguro-desemprego e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foram um dos programas atingidos.
A nova regra do teto de gastos prevê que o dinheiro aplicado para esses programas só pode ser corrigido pela inflação, não podendo crescer acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).
O primeiro semestre apresentou a inflação acumulada de apenas 3%. As despesas com Previdência, abono e seguro desemprego - transferências de renda - e o Bolsa Família entre 2014 e 2016 subiram, a cada ano, 6,8% acima da inflação, de acordo com a Instituição Fiscal Independente (IFI).
O governo cancelou o reajuste do Bolsa Família deste ano para cumprir a meta de 2017, de acordo com informações do site Poder 360. O Fies chegou a ser considerado como "insustentável" pelo governo, e uma reformulação está sendo estudada.

Bahia Notícias


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.