Últimas Notícias

Movimento dos passageiros pode ter causado o naufrágio de lancha em Salvador



Corpos das vítimas, resgatados no mar. Foto: TV Bahia

A Marinha retomou os trabalhos de buscas a possíveis sobreviventes ou corpos das vítimas do naufrágio de uma lancha ocorrido ontem na travessia de Mar Grande a Salvador, transportando 120 pessoas, das quais, 18 já foram confirmadas como mortas.

A Secretaria de Saúde da Bahia informou que 80 pessoas foram resgatadas com vida e onze vítimas fatais haviam sido identificadas até a noite desta quinta-feira (24).

De acordo com o G1 Bahia, até por volta das 6h30 desta sexta, não havia informações de

novas vítimas encontradas. A travessia entre Salvador (Terminal Náutico da Bahia) e Mar Grande (Terminal Marítimo de Mar Grande) continua suspensa por conta do acidente, na manhã desta sexta, conforme a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab). Também não operam as escunas de turismo que fazem o passeio pelas ilhas da Baía de-Todos-os-Santos e a travessia entre Salvador e Morro de São Paulo. Ainda não há previsão de quando o serviço será retomado.

A Marinha irá ouvir os sobreviventes para identificar as causas do acidente com a embarcação. "Informação do que efetivamente ocorreu nós só teremos ao final do inquérito que está sendo instaurado pela Marinha para apurar o acidente. Nós ouviremos testemunhas, a embarcação vai passar por uma perícia e, ao final do inquérito, que tem prazo de conclusão de 90 dias, é que nós teremos um quadro efetivo”, afirmou ao G1 Bahia o comandante Flávio Almeida, assessor de relações institucionais da Marinha na Bahia.

A Polícia Civil instaurou inquérito e o Ministério Público da Bahia designará um representante para acompanhar as investigações. De acordo com algumas vítimas resgatadas com vida, os passageiros se aglomeraram em um lado da lancha, fugindo da chuva que caia no momento do acidente. Peritos afirmam que esse fato pode ter causado uma desestabilização e a virada da embarcação.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.