Breaking News

Quadrilha que vendia botox e anabolizantes ilegais lucrou R$ 1 milhão com golpe na Bahia



Foto: G1 Bahia

A quadrilha que comprava botox, anabolizantes, além de produtos estéticos, e os revendiam de forma ilegal, lucrou com o golpe R$ 1 milhão, no período de mais ou menos um ano, segundo informações da Polícia Civil nesta segunda-feira (21). Segundo a polícia, a venda de botox só pode ser feita aos profissionais de medicina ou odontologia, com o uso do registro profissional. 

O grupo era formado por dois homens e três mulheres, que, para adquirr os produtos, utilizava receitas falsificadas, com o nome e registro de médicos conceituados, como cirurgiões plásticos e neurocirurgiões de Salvador. A quadrilha fazia a compra online por todo o país e vendiam os produtos na capital baiana, conforme apontam as apurações da polícia. 

Quatro dos cinco suspeitos de integrarem a quadrilha foram apresentados à imprensa nesta segunda-feira, na sede da Polícia Civil, na Piedade, na capital baiana. Apenas uma mulher, de 27 anos, foi liberada por estar amamentando o bebê de quatro meses. Segundo a polícia, ela também vai responder por organização criminosa, assim como os comparsas. 

A quadrilha foi presa na sexta-feira (18) nos bairros de Armação, Acupe de Brotas e Pituba. Ao todo, foram apreendidas 300 caixas com os produtos vendidos ilegalmente, além de microagulhas e aparelhos usados para procedimentos de rejuvenescimento. Todos os integrantes confessaram que fazem parte do grupo criminoso e revelaram passar endereços alternados para a entrega do material para evitar que fossem descobertos, segundo polícia.

G1 Bahia


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.