Últimas Notícias

Zika é responsável por gastos de até R$ 14 bilhões pelo governo no Brasil




O vírus zika causou perdas no Produto Interno Bruto (PIB) estimados em US$ 968 milhões a US$ 4,6 bilhões (o equivalente a R$ 3,1 bilhão e R$ 14,2 bilhões, respectivamente), o que corresponde a 0,09% do PIB do país.
Na América Latina e Caribe, entre 2015 e 2017, a perdas foram de US$ 7 bilhões a US$ 18 bilhões (o equivalente a R$ 22 bilhões e R$ 57 bilhões, respectivamente). Os dados foram apresentados nesta terça-feira (15) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha, em parceria com a Organização Mundial de Saúde.
O documento foi preparado por uma equipe conjunta de especialistas liderada pelo Pnud, em parceria com a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) e com a colaboração do Instituto de Saúde Global de Barcelona (ISGlobal) e da Universidade Johns Hopkins (JHU).
Para avaliar, foram considerados os custos com diagnóstico e tratamento, perdas de receitas com turismo e perda de produtividade, entre outras despesas. O relatório considera os impactos como "um ônus imediato sobre os sistemas de cuidados de saúde e bem-estar social e, ao longo prazo, podendo minar décadas de conquistas na área de saúde e ao avanço do desenvolvimento social tão duramente obtidas". Só a microcefalia gerou gasto de cerca de R$92,5 bilhões para América Latina e Caribe.


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.