Breaking News

Governadores do Nordeste assinam carta contra a privatização da Eletrobras


Foto: divulgação

Os nove governadores do Nordeste apresentaram, por meio de carta enviada ao presidente Michel Temer nesta segunda-feira (5/9), sugestões para a reestruturação do setor elétrico brasileiro. Todos eles se opuseram à venda da Eletrobras e da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

A carta é uma reação à intenção anunciada pelo Governo Federal de iniciar o processo de desestatização da Eletrobras, empresa que controla as maiores geradoras de energia do país, a exemplo da Chesf, Furnas e Eletronorte, e metade de Itaipu, atualmente a maior hidrelétrica do mundo.


Na carta, os gestores estaduais afirmam que a venda da Eletrobras para a iniciativa privada representará um aumento significativo das tarifas de energia para o consumidor brasileiro. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que o reajuste na conta de luz pode variar de 7% a 17%. “É fato que membros da equipe do governo têm se esmerado em negar aumento de custo da energia para o consumidor final”, aponta a Carta.

Os governadores apresentam, ainda, no documento, propostas e sugestões para viabilizar uma solução para o setor que não esteja centrada unicamente em uma discussão político-financeira, voltada para a captação de recursos destinados ao fluxo de caixa do Governo Federal, sem considerar a complexidade e a importância do sistema elétrico.

A carta é assinada pelos governadores Rui Costa (Bahia), Renan Calheiros Filho (Alagoas), Paulo Câmara (Pernambuco), Camilo Santana (Ceará), Flávio Dino (Maranhão), Ricardo Coutinho (Paraíba), Wellington Araújo (Piauí), Robinson Faria (Rio Grande do Norte) e Jackson Barreto (Sergipe).

Aratu Online
loading...


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.