Destaques

"Não esquecemos, não esqueceremos". PM goiana emite nota sobre Polícia Militar de Bom Jesus da Lapa.


Foto: A Voz de Anápolis
Dia 23/01/2017, Bom Jesus da Lapa, um domingo normal, o serviço transcorrendo dentro da normalidade, e os nossos bravos Policiais Militares, Soldado Gilberto Lemos Silva Júnior, Soldado Everton de Oliveira Santana e o Soldado José Cardoso Pereira, nem imaginavam que o juramento que prestaram seria colocado à prova naquela noite.
Por volta das 23:00 uma quadrilha de assaltantes de banco, liderada pelo marginal Carlos Jardiel de Barros Dantas, composta aproximadamente 15 homens tentou dominar a pacata Bom Jesus da Lapa, cidade do Oeste Baiano.
O bando de Carlos Jardiel, acostumado a dominar cidades em ações de " Novo Cangaço ", acreditava que os policiais militares não ousariam enfrentar tamanho poderio bélico, logístico e de bandidos, se enganaram, " trombaram " com homens de verdade, homens que levaram as últimas consequências o juramento prestado perante a sociedade e o Pavilhão Nacional, esses homens juraram defender a sociedade mesmo com o risco da própria da vida, e acreditem, esses três homens, esses três policiais militares confrontaram e colocaram pra correr uma das mais violentas quadrilhas que já existiu em nosso país. 

Mas o preço pago foi caro, o Soldado José Cardoso Pereira foi baleado e vai levar pra sempre as cicatrizes do combate, já o Soldado Gilberto Lemos Silva Júnior e o Soldado Everton de Oliveira Santana, foram rendidos, sequestrados e levados pela quadrilha. Os dois foram torturados e executados por Carlos Jardiel e seu bando. Nada que possamos fazer confortará a família, os amigos, a comunidade de Bom Jesus da Lapa e a família Policial Militar da Bahia.
O bando de Carlos Jardiel cometeu o seu maior erro, mexeu com o povo errado, mexeu com o povo que independente de governos, poderes e outras instituições não vai esquecer nunca o dia 23/01/2017, não vai esquecer nunca o Soldado Gilberto Lemos Silva Junior e o Soldado Everton de Oliveira Santana. Corram pra longe por que a família é grande, somos Policiais Militares, somos Policiais Federias e somos Policiais Civis, e estamos em todos os lugares.
Carlos Jardiel acreditou que estaria longe do nosso alcance, morando na capital do País, a poucos quilômetros do palácio do Planalto, acreditava que passado alguns meses a caçada perderia força, que a " Volante " estaria sem rumo. Resolveu então partir pra mais uma ação, o Alvo era um Carro Forte no Estado do Mato Grosso, acreditava que a divisa de Goiás e Mato Grosso seria o local ideal pra continuar as suas ações.
Dia 04/05/2017, a Polícia Militar do Estado de Goiás, em operação Integrada com a Polícia Federal e a Força Tarefa de Segurança Pública da SSP-BA, na cidade de Aragarças - GO, conseguiu localizar o facínora Carlos Jardiel de Barros Dantas.
Durante tentativa de abordagem ocorreu a reação e dessa vez ele não conseguiu se safar. Terminava em Aragarças - GO a vida de crimes de um dos maiores ladrões de Banco do nosso país.
A guerra continua, a " Volante " continua atrás do restante da quadrilha, vários já foram presos e outros preferiram o confronto. Assim como vocês, não temos limites territoriais, não tem como fugir. A qualquer momento poderemos bater a sua porta, a covardia empregada em Bom Jesus da Lapa representará o fim dessa quadrilha e de outras que ousarem afrontar a última barreira Entre o cidadão de bem e a criminalidade, que é o Policial.

Andamos Juntos, Morremos Juntos!!!!

Major Durvalino Câmara dos Santos Junior
Polícia Militar de Goiás

loading...


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.