Destaques

Prefeitos do Oeste buscam soluções para área de segurança pública na região



Foto: Jornal Gazeta do Oeste

Visando encontrar soluções para problemas na área de segurança pública, a União dos Municípios do Oeste da Bahia (Umob), reuniu e prefeitos e representantes da Polícia Militar para um debate sobre o assunto. Durante a reunião, que ocorreu nesta segunda-feira (18/09), na sede da entidade, foi discutida a proposta de uma parceria com as Secretarias de Ciência e Tecnologia e Segurança Pública do Estado e também com o Ministério da Ciência e Tecnologia com intuito de fazer valer o projeto, – Oeste Digital.

Conforme explica a secretária executiva da Umob, Erika Seixas, no ano passado foi feita cessão de uso do equipamento LTT, um aparelho transmissor de dados, 4G, para a UMOB e agora, os gestores buscam parcerias para solucionar problemas com a segurança pública.

“O intuito é firmar parcerias objetivando integrar os 15 municípios do Oeste, melhorando assim, o serviço de vídeo monitoramento da polícia, aumentando a estratégia de inteligência da Polícia Militar não só na região, mas em toda a Bahia, já que o equipamento abrange uma área extensa”, explica Erika.

Para o Coronel Salomão, esse equipamento vai contribuir muito com o trabalho da polícia. “Com uma tecnologia dessas, com certeza o trabalho da polícia será ainda melhor e ágil. Precisamos cada vez mais de recursos tecnológicos”, destacou o coronel.

Na oportunidade, os prefeitos, juntamente com os coordenadores de Esporte de Barreiras Fernando Machado e também o de Riachão das Neves Fábio


Dias, trataram sobre a importância do Esporte tanto para o desenvolvimento humano como também de inclusão social.

Na ocasião, o gerente do Banco do Nordeste, Carlos Gomes falou sobre a semana de regularização de dívidas rurais em todos os municípios baianos. Conforme explicou ele, o Nordeste irá promover entre os meses de setembro a dezembro, semanas de mobilização nas quais agentes da instituição irão até as comunidades, levando boletos para liquidação ou renegociação das dívidas. O objetivo é facilitar o acesso dos produtores inadimplentes aos benefícios da Lei 13.340, regulamentada em dezembro de 2016, que oferece o maior desconto para liquidação já concedido para o setor rural. Em alguns casos vai até a 95% de desconto.

“Pedimos para que vocês gestores analisem esse projeto em caráter de urgência, para conseguirmos êxito, pois precisamos fazer uma ação conjunta”, disse Carlos.

Jornal Gazeta do Oeste



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.