Destaques

Deputado Jean Wyllys reage e caluniadores buscam retratação


Cansado de receber ofensas por sua atividade parlamentar e por ser homossexual, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) resolveu expor, em suas redes sociais, ataques e ameaças que sofre e processar os autores.A condição para retirar esse conteúdo do ar e não prosseguir na Justiça é que o agressor apague sua postagem e faça, em seu perfil, um pedido público de desculpas.


Temendo repercussões em seus empregos, junto aos seus parceiros de negócios ou família, mas também dores de cabeça judiciais, muitos são os haters que têm procurado a assessoria do parlamentar. Ele conta, hoje, com mais de um 1,26 milhão de curtidas em sua página oficial do Facebook.


'Hoje eu avalio que demorei muito a tomar a decisão certa em relação a caluniadores, a divulgadores de calúnias e aos que me injuriam nas redes sociais. Essa decisão certa foi expor essas pessoas publicamente, fazê-las experimenta, por um período e apenas um pouco, as consequências de suas ações, inclusive as jurídicas'', afirma Jean.

De acordo com o deputado federal, os efeitos positivos foram imediatos. Primeiro porque muitas pessoas apagaram as calúnias e pediram desculpas públicas. Mas, além disso, outras tantas enviaram para a sua equipe mentiras e calúnias que estavam circulando sem que soubessem, o que permitiu agir contra outros autores e divulgadores. Blog do Sakamoto / UOL



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.