Breaking News

Estado Islâmico utiliza Messi e Neymar em nova ameaça contra a Copa 2018


Foto: reprodução
Um grupo ligado ao Estado Islâmico (EI) utilizou imagens de Messi e Neymar para divulgar novas ameaças contra a Copa do Mundo 2018, na Rússia.
O grupo avisou sobre um possível ataque durante a competição, através do site Intelligence Group, especializado em monitorar as atividades dos jihadistas na internet.

A cena reproduz as imagens de degolamentos que o grupo realiza, filmados e divulgados via internet. Na montagem, Neymar está sentado ao lado de Messi, já morto.
A legenda ameaça: "Vocês não terão segurança até que a gente viva isso nos países muçulmanos". De acordo com o IG Esporte, aumentou a propaganda do grupo contra a Copa do Mundo nos últimos dias.
No dia 20 de outubro, o EI divulgou uma foto de um homem portando um rifle e observando o estádio Luzhniki, em Moscou, com a frase: "Inimigos de Alá na Rússia, eu juro que o fogo dos mujahideen (combatentes que sacrificam as próprias vidas em nome religião e da promessa que terão uma recompensa no paraíso) queimará vocês, apenas esperem".
Segundo o IG Esporte, o EI já havia utilizado Messi na última publicação, veiculada dia 23 de outubro, na qual o craque aparece atrás das grades, com roupas de prisioneiro e um dos olhos sangrando, ao lado de uma frase ameaçadora: "Você está lutando contra um estado que não tem 'fracasso' em seu dicionário"



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.