Breaking News

Associação faz campanha para construir Casa de Apoio em Serra do Ramalho






Foto: Amap. Edição: Portal Lapa Oeste
A Associação de Moradores Amor ao Próximo (AMAP) iniciou a construção da Casa de Apoio Maranatha, na Avenida São Francisco, Loteamento Cidade Nova, em Serra do Ramalho, no Oeste da Bahia.

A Amap precisa de doações para a continuidade do projeto. Em campanha realizada nas redes sociais, a entidade pede doações de material de construção: blocos, cimentos, ferros, telhas, britas, entre outros materiais. Necessita, também, de dinheiro para o pagamento dos trabalhadores da obra.


Foto: Amap
As doações em dinheiro podem ser feitas na Conta Poupança da Caixa Econômica Federal, nº 7411-4, agência 4666, operação 013, em nome da Amap. As primeiras doações em dinheiro e materiais permitiram o início da construção do muro e o preparo do terreno para o aterro.


“Ao ver a utilidade da casa de apoio de Guanambi, fiquei pensando como fazer para amparar as pessoas aqui de Serra do Ramalho. Por ser um município de grande extensão, vemos pessoas da beira do Rio, da serra, povoados e agrovilas. Pessoas que ao trazer seu ente querido ao hospital, não tem um local para ficar. Tínhamos o sonho e veio a oportunidade ao ser-nos oferecido um terreno para a Amap. A pessoa nem sabia do meu desejo. Logo falei que iria fazer uma casa de Apoio. Pelo o terreno ser um pouco longe, negociamos por um mais perto, acertando a diferença. Legalizei a Associação e estamos na luta. Um comerciante nos doou 1.700,00 em ferro e uma carrada de 8.000 blocos. A prefeitura nos deu areia e brita. Estamos começando pelo muro, pois temos que fazer aterro no terreno. A Casa de Apoio Maranatha irá oferecer hospitalidade e refeições. Será bancada por doações", comentou Marcos Pires de Carvalho, Presidente da Amap e idealizado do projeto.



Foto: Amap
Segundo o Presidente, o projeto prevê o atendimento exclusivo dos acompanhantes de pacientes que estejam em tratamento no Hospital Municipal Gilvan Wanderley Farias, que fica a poucos metros da casa de apoio. No entanto, o presidente admite que pode haver mudanças conforme o surgimento de novas demandas durante o funcionamento.

"As obras iniciaram em setembro através de um mutirão que reunião muitos colaborares. Com a chegada das chuvas, os serviços foram interrompidos. Agora, estamos retomando a construção, no período de intervalo das chuvas. Precisamos, com urgência de recursos para pagar os pedreiros que estão na obra", detalhou Marcos.

Ele acrescentou que o projeto prevê um ambiente composto por seis quartos, divididos para os sexos masculino e feminino, com espaço para duas camas, podendo ser beliches. O projeto já foi divulgado na mídia religiosa nacional, através da TV Novo Tempo.



Cantores Marquinhos Maraial e Lulu Oliveira apoiam o projeto. Foto: divulgação




Foto: Amap


Foto: Amap



Foto: Amap