Breaking News

Bahia: ex-marido que matou esposa prometeu cometer o crime no natal





O ex-marido e assassino confesso da servidora do Detran/BA, Maridalva da Silva Gonçalves, Jailson Santos Mendonça, alegou que não pretendia cometer o crime, afirmando à polícia que o assassinato não foi premeditado, apesar de ter ido ao local do ataque com uma faca e veneno de rato conhecido como "chumbinho", que utilizou para tentar o suicídio após o assassinato.

Jailson atacou Maridalva quando ela subia as escadarias de acesso ao Detran, onde trabalhava, na manhã da última terça-feira (26), na região do Iguatemi, em Salvador. O assassino golpeou a vítima várias vezes com uma faca, causando sua morte no local.


Após o crime, Jailson ingeriu o chumbinho para se matar, no entanto, foi socorrido por seguranças do Detran e conduzido ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por cuidados médicos e sobreviveu. Sendo preso pela polícia.

Durante as investigações, foram encontradas mensagens que o assassino enviou à vítima, pelo Whatsapp, ameaçando matá-la no natal. A polícia afirmou que se a mulher tivesse acreditado na ameaça, o crime seria evitado. Informações do G1 Bahia.