Breaking News

Consumidora compra sunga na Black Friday e recebe uma peteca




Uma consumidora carioca realizou a compra de uma sunga pela internet e recebeu uma peteca no lugar da mercadoria. A promoção aconteceu no dia 24 de novembro, durante o período da Black Friday, data em que o comércio realiza ofertas. De acordo com a compradora, a loja informou que ela teria que devolver a peteca para ter o dinheiro de volta.


A jornalista Mariana Rodrigues comprou a sunga para dar de presente ao marido. Quando chegou a encomenda, custou a entender do que se tratava e imaginou que o produto tinha sido enviado para a pessoa errada. Só depois que ligou para a loja descobriu que a sunga estava indisponível.

"Eles disseram que era para devolver a peteca para ter o dinheiro de volta. Ainda não resolvi o que fazer, porque o preço que eu paguei não compensa, já que era uma promoção de Black Friday. Veio na nota fiscal o valor da peteca, R$18,90, mas que fica R$33 com frete", destacou a jornalista.


Para Sorya Panella, coordenadora de atendimento do Procon-RJ, a empresa deve cumprir com a oferta. "A primeira coisa que a empresa tinha que fazer, era cumprir a oferta. Uma vez que ofertou, tem que cumprir, não tem outra alternativa. Mas o código oferece outras opções para esse fornecedor resolver o problema dele com o consumidor. Ele tem a opção de oferecer um outro produto, que seja similar ou até mesmo de qualidade acima, ou então fazer a devolução do valor pago, devidamente corrigido", disse a coordenadora.

A Coordenadora do Procon RJ explicou como o cliente deve agir nesses casos. "O consumidor deve procurar os órgãos de defesa do consumidor para que a gente possa assessorá-los e orientá-los de que forma eles devem fazer ou o que eles podem aceitar de negociação com o fornecedor."

  G1 Rio de Janeiro