Breaking News

Governo não prevê realização de novos investimentos no Brasil em 2018, diz ministro



Ano novo, investimentos zero. O governo federal não prevê a realização de novos investimentos em 2018, apena a conclusão de obras que estão em andamento. A afirmação é do ministro do Planejamentoo, Dyogo Oliveira, que concedeu entrevista nesta sexta-feira (15) à rádio CBN.

"Não se prevê evidentemente nenhuma nova obra, nenhuma nova iniciativa, mas procuraremos preservar recursos necessários para a continuidade e conclusão das obra que estão em andamento, dentro desse cenário de aperto orçamentário. Teremos que priorizar áreas de governo que têm impacto mais forte, mais presente, na vida das pessoas", disse.
Segundo Dyogo, os programas sociais, de atenção e assistência social serão priorizados dentro desse cenário. O ministro ainda criticou o orçamento "engessado", que responde "muito mais à capacidade de pressão e de mobilização de alguns grupos no Congresso". 
Na entrevista à rádio, Dyogo ainda explicou que o governo tem gastado 57% do orçamento com Previdência, enquanto em investimentos são gastos apenas 3%. "Claramente isso não reflete as nossas necessidades principais de país que precisa de infraestrutura como o Brasil. (...) Quando a gente compara o que estamos gastando com Previdência e com saúde, vê-se claramente que há grandes distorções que prejudicam os serviços públicos e a atenção às necessidades básicas da população", observou.
Questionado sobre a criação do fundo eleitoral, recém-aprovado pelo Congresso, Dyogo explicou que a novidade será financiada com a redução das próprias emendas parlamentares e com uma verba que era aplicada para custeio da publicidade partidária e eleitoral, sem afetar as demais despesas do orçamento.

  Bahia Notícias  



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.