loading...

Breaking News

Bahia: número de condutores flagrados sob efeito de álcool teve aumento de 103%, diz PRF


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 69 acidentes com 8 mortes nas estradas federais que cortam a Bahia durante a operação de final de ano realizada pelo órgão. Conforme a corporação, o número de ocorrências teve uma redução de 10%, se comparado ao esquema de fiscalização especial feito na virada 2016/2017. Noventa e nove pessoas ficaram feridas. No ano anterior, o número total de feridos foi de 114. 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (2). O período da operação especial de fim de ano começou na quinta-feira (28) e terminou na segunda-feira (1º). 

O número de condutores flagrados sob efeito de álcool chegou a 59, representando um aumento de 103% em relação a 2016/2017, quando o número ficou em 29. 


Do total de acidentes contabilizados, 23 foram considerados graves, aqueles em que há pelo menos um ferido grave ou uma pessoa morta. A PRF atribui essas ocorrências a fatores como a imprudência, a inabilidade, a falta de cuidado e o desrespeito às leis de trânsito pelos condutores. 

Na operação 2016/2017, o número de mortos foi maior: 17, o que representa uma redução de 53%. 

Já com relação às ultrapassagens em locais proibidos, manobras que segundo a PRF são responsáveis pelo maior número de mortes em rodovias, foram registradas 1.039 autuações, um aumento de 47%. Os radares dispostos nas rodovias federais flagraram 2.246 veículos transitando em excesso de velocidade, aumento de 175% com relação à última operação.

  G1 Bahia