loading...

Breaking News

Mulher morre após sofrer quatro anos com agressões do companheiro




A dona de casa Aparecida Teles de Almeida, de 47 anos, morreu após vários dias internada em um hospital na cidade de Itamaraju, Sul da Bahia, vítima de espancamento do marido Valdeir da Silva, de 53 anos.


Segundo a família da vítima, ela sofreu violências domésticas nos últimos quatro anos, mas sempre reconciliava com o companheiro e pedia para que as queixas registradas na polícia fossem retiradas, contrariando, inclusive, uma medida protetiva expedida pela justiça que o proibia de se aproximar da vítima.

O assassino foi preso enquanto visitava a esposa ainda internada em estado grave, no dia 17 de janeiro.

As últimas agressões ocorreram no último dia 15 e causaram traumatismo craniano e a formação de coágulos no cérebro, provocando a morte


Inicialmente, o autor do crime, que trabalha como pedreiro, seria preso por agressão e violência doméstica, depois que Aparecida o denunciou para um funcionário do hospital. Com a morte da mulher, ele será indiciado por feminicídio.

Valteir confessou à polícia que agredia a vítima quando retornava embriagado para casa, afirmando que nunca cometeu qualquer violência enquanto estava sóbrio. Mas, ele negou a autoria das agressões que provocaram a morte de Aparecida. Informações do G1 Bahia