loading...

Breaking News

UFOB recebe doação de terreno para construção do campus definitivo em LEM



O campus definitivo da UFOB em Luís Eduardo Magalhães já tem local para ser construído. Nesta sexta (5), a reitora Pro Tempore, professora Iracema Veloso, recebeu a doação da área escolhida no Edital de Chamamento Público 1/2016.

O terreno doado possui 53,21 hectares e está localizado na área de expansão urbana de LEM. Também foram doados 34,66 hectares de área de preservação permanente (APP). Distante cerca de 1,8 km da Rodovia BR 242, a área está situada nas proximidades da Fundação Bahia. Lá, funcionarão os já existentes cursos das Engenharias de Produção e de Biotecnologia e os que forem criados.

A doação de terreno aconteceu nesta sexta (5), em Luís Eduardo Magalhães. A cerimônia de assinatura da escritura contou com a participação dos doadores, representados pelo empresário Jacob Lauck, do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, professor Poty Lucena, dos membros da comissão especial, professores Pedro Vieira e Vinicius de Oliveira Kuhn, do diretor em exercício do Centro Multidisciplinar de LEM, Felipe Figueira, da servidora técnica, Thauana Amanda Rocha e da secretaria municipal de governo, Katerine Rios.


A doação

A UFOB publicou um edital de Chamamento Público para doação de terrenos a fim de construir a sede definitiva do campus de LEM. No certame, foi constituída uma Comissão Especial para examinar as condições físicas das áreas e os serviços públicos de infraestrutura disponíveis com visitas de inspeção, técnicas de georreferenciamento e avaliação por imagens espaciais obtidas por veículo aéreo não tripulado (Vant).

Foram avaliadas as condições de acesso, a disponibilidade de iluminação pública, transporte público municipal coletivo, rede de abastecimento de água, rede de energia elétrica, rede de esgoto, infraestrutura de internet e telefonia.

A Comissão Especial foi presidida pelo professor Poty Lucena e teve a participação dos professores Luis Gomes Carvalho, Cláudio Alex de Oliveira Pires, Vinícius de Oliveira Kuhn, Pedro Vieira e Douglas Ferreira.

  ASCOM / UFOB