loading...

Breaking News

Carnaval: não houve homicídios, mas aumentou a apreensão de drogas no interior da Bahia

Foto: reprodução
Os casos de violência diminuíram nas 35 cidades que tiveram festas de Carnaval no estado, com nenhum homicídio relacionado aos festejos. De acordo com o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Flávio Góis, ao todo foram 27 pessoas autuadas em flagrante por tráfico de drogas, furto, uso de dinheiro falso, porte ilegal de arma de fogo, e ainda por crimes previstos na Lei Maria da Penha.
“O índice de apreensões de drogas também aumentou. Registramos um incremento de 454% no número de apreensão de maconha e de 382% de cocaína”, apontou Góis. Também foi registrado aumento do número de Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), que forma de 30 no ano passado, para 50 neste ano, uma elevação de 67%.
Os dados são relativos às cidade de Alcobaça, Amargosa, Angical, Arraial D’ajuda, Barra do Mendes, Belmonte, Barreiras, Brejolândia, Brotas de Macaúbas/ Gamboa do Morro, Bom Jesus da Lapa, Cairu, Canavieiras, Candido Sales, Caraíbas, Caravelas, Conde e Correntina Entre Rios, Formosa do Rio Preto, Ilhéus, Itabuna e Itacaré, Itiuba, Jaguabipe, Jandaíra, Jiquiriça, Juazeiro, Lapão, Maragojipe, Maraú, Mucuri, Nova Viçosa, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Porto Seguro, Prado, Rio de Contas, Rodelas, Santa Cruz de Cabrália, Santa Maria da Vitória, Tanquinho, Várzea do Poço e Xique- Xique.

  Bahia Notícias