Breaking News

Lapa: professores protestam durante jornada pedagógica da rede municipal



Foto: APLB
Nesta terça-feira, 06 de fevereiro de 2018, professores da rede municipal de Bom Jesus da Lapa, fizeram panfletagem na entrada da AABB, local onde ocorreu a abertura da jornada pedagógica de 2018. Na mensagem, intitulada “Eures Riberio: O maior inimigo dos professores”, membros da APLB-Sindicato, apresentaram um resumo dos direitos surrupiados pelo prefeito:
  • O não cumprimento do enquadramento dos professores que atuam há mais de 10 anos ininterruptos no município;
  • O não pagamento do terço de férias até o dia 10 de janeiro, como nos assegura a legislação;
  • O cálculo errado do terço de férias, garantido pela Constituição Federal de 88;
  • O não pagamento dos 10% recebidos como adicional de insalubridade que os professores recebiam há mais de 20 anos;

Foto: APLB
  • O nivelamento do vencimento inicial dos professores, desconsiderando o nível de formação;
  • A morosidade proposital da análise dos processos administrativos como, a mudança de nível e titulação, chegando a um ano;
  • Falta da avaliação de desempenho, critério para a Progressão Horizontal 
  • Não Cumprimento da Lei dos 2/3, lei federal nº 11.738/2008;
  • Falta de reajuste do piso salarial no mês de janeiro, conforme determina a lei federal nº 11.738/2008, e o Plano de Carreira.
  APLB-Sindicato