Breaking News

Oeste: mais um parque de energia solar inicia as operações na região


Foto: divulgação
A Enel, por meio de sua subsidiária de energias renováveis Enel Green Power Brasil Participações Ltda. (“EGPB”), iniciou operação de seu parque solar Horizonte (103 MW), localizado no município de Tabocas do Brejo Velho, no estado da Bahia.


“A entrada em operação de Horizonte representa um novo marco para a presença do Grupo no mercado de energia solar do Brasil, onde em apenas oito meses adicionamos quatro novos projetos que somam uma capacidade de 807 MW de energia solar. Entre esses projetos, está a maior usina solar fotovoltaica da América do Sul atualmente em operação, Nova Olinda” , disse Antonio Cammisecra, Responsável Global da Divisão de Energias Renováveis da Enel, Enel Green Power. “ Confirmamos nossa liderança no setor de energias renováveis brasileiro, como reconhecido também após as recentes vitórias do Grupo nos últimos leilões. Dessa forma, estamos , contribuindo para a diversificação da matriz de geração do país e para o desenvolvimento sustentável das comunidades locais.”

A Enel investiu aproximadamente 110 milhões de dólares americanos na construção de Horizonte, como parte dos investimentos previstos no atual plano estratégico da companhia, e é financiado por meio de recursos próprios do Grupo Enel, assim como por um empréstimo de longo prazo concedido pelo Banco do Nordeste (“BNB”). O parque solar é apoiado por um acordo de compra de energia (Power Purchase Agreement, - PPA, sigla em inglês) de 20 anos com a Câmara de Comercialização da Energia Elétrica (CCEE).


O parque solar Horizonte é composto por cerca de 330 mil painéis solares e será capaz de produzir mais de 220 GWh por ano quando estiver operando plenamente.

Em linha com o modelo de Criação de Valor Compartilhado (Creating Shared Value - CSV) adotado pelo Grupo Enel, que tem o objetivo de associar o desenvolvimento do negócio às necessidades da comunidade local, a EGPB realizou iniciativas para posibilitar a geração de renda para as comunidades próximas às plantas, como oficinas criativas para confecção de mobiliário a partir de materiais recicláveis usados nas obras.

Na Bahia, a EGPB já opera 706 MW de capacidade eólica e 515 MW de capacidade solar, incluindo, além de Horizonte, o parque solar Ituverava de 254 MW e o parque solar Lapa de 158 MW.


No Brasil, o Grupo Enel tem uma capacidade instalada de energias renováveis de cerca de 2,9 GW, por meio de suas subsidiárias EGPB e Enel Brasil, dos quais 842 MW são de energia eólica, 819 MW de energia solar fotovoltaica e 1.270 MW de energia hidrelétrica. A companhia também conquistou recentemente contratos para uma capacidade total renovável de mais de 1 GW nos leilões brasileiros A-4 e A-6.

A Enel Green Power, divisão de Energias Renováveis do Grupo Enel, dedica-se ao desenvolvimento e operação de energias renováveis em todo o mundo, com presença na Europa, Américas, Ásia, África e Oceania. A Enel Green Power é líder global no setor de energia verde, com uma capacidade gerenciada de cerca de 40 GW e um mix de geração que inclui energia eólica, solar, geotérmica, biomassa e hidrelétrica, e está na vanguarda da integração de tecnologias inovadoras, nas plantas renováveis de energia.

  ASCOM/Enel