loading...

Breaking News

MPT apresenta dados sobre acidentes de trabalho de 2017 no país




Na próxima segunda-feira o Ministério Público do Trabalho divulgará a atualização, com dados de 2017, sobre acidentes de trabalho no Brasil e as implicações disso nas áreas de saúde e economia do país. São dados sobre mortes, afastamentos médicos, pensões, que provocam impactos na Previdência Social, e foram extraídos do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho desenvolvido pelo MPT e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). A estimativa é de um impacto de mais de 25,4 bilhões na Previdência Social nos últimos seis anos.


A divulgação acontecerá às 10h, na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), em Brasília, em evento que contará com a presença da diretora da OIT na área de gestão do Trabalho e Inspeção em Saúde e Segurança do Trabalho, Nancy Leppink.

Os dados revelam ainda que que as maiores vítimas de acidentes são os trabalhadores de menor remuneração e que têm também mais lesões incapacitantes. Outra informação importante do cruzamento de dados é que o principal agente causador de acidentes de trabalho no Brasil, são máquinas e equipamentos. Por isso, o MPT apresentará, durante a solenidade, uma nota técnica a respeito da Norma Regulamentadora 12, que fixa regras sobre segurança no trabalho no uso de máquinas e equipamentos.

Na nota técnica, serão divulgadas informações inéditas sobre os acidentes de trabalho nos país: principais agentes causadores, perfil salarial, letalidade e incapacitação para o trabalho, despesas previdenciárias e dias perdidos de trabalho. Os dados são fundamentais para a atuação estratégica do MPT e de governos, permitindo o aprimoramento de políticas públicas em matéria de saúde e segurança no trabalho. Também contribuem para pesquisas e para que o tema da prevenção de acidentes seja discutido de forma mais qualificada na sociedade.

  ASCOM/PGT