loading...

Breaking News

Denatran suspende inspeção de veículos para renovar licenciamento







Depois de gerar polêmica e dividir opiniões, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) suspendeu ontem, por tempo indeterminado, a resolução nº 716, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que tornaria obrigatória a inspeção técnica veicular para renovação do licenciamento anual. A regra passaria a valer em todo o país até o final de 2019. 

Pela resolução vetada, publicada em 30 de novembro de 2017, os condutores seriam obrigados a submeter seus veículos à chamada inspeção técnica veicular durante o processo de renovação do licenciamento e obtenção do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV).

As inspeções teriam validade de dois anos, com início previsto para 1º de julho, data limite para os departamentos de trânsito estaduais (Detran’s) enviarem ao Denatran o cronograma para realização dos procedimentos.



Por meio de nota, o diretor do Denatran, Maurício Alves, afirmou que a definição dos requisitos para elaboração do cronograma é um dos motivos que dificulta a implementação da resolução.

Jailson Santos, 36 anos, acredita que a medida tinha prós e contras. Em sua avaliação, a inspeção seria importante para fiscalizar os veículos que estão em más condições e continuam circulando pela cidade, o que aumenta o risco de acidentes e problemas no trânsito. 

Por outro lado, o procedimento seria um transtorno para o motorista, pois representaria mais custo e burocracia. “Se os Detrans do Brasil tivessem um serviço rápido, facilitador, seria uma boa avaliar as condições dos veículos para emitir o documento de licenciamento”, opinou o jornalista.



Renovação

“O procedimento para renovação anual do licenciamento permanece o mesmo”, reforçou Isabela Marques, coordenadora de multas e licenciamento de veículos do Detran-BA.

De acordo com o órgão de trânsito estadual, para emitir o CRLV o condutor precisa pagar taxas, impostos e multa, se houver. A taxa do licenciamento custa R$115. Já os valores do Seguro DPVAT e IPVA variam de acordo com o tipo do veículo.

  Tribuna da Bahia