Breaking News

Justiça condena SBT e Record por programas que associaram religiões afro-brasileiras ao mito do demônio


Foto: reprodução

A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) condenou as redes de televisão Record e SBT a produzirem programas de TV, como direito de resposta ao Instituto Nacional de Tradição e Cultura Afro-Brasileira e ao Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Desigualdade (Ceert), contra programas que das duas redes que associaram as religiões africanas ao mito do demônio.

Os autores da ação alegaram que as religiões afro-brasileiras são alvo de ataques constantes de programas veiculadas pelas emissoras.

Na condenação, o Tribunal determinou a cada uma das redes de televisão, a produção de quatro programas de TV, com duração mínima de uma hora cada e intervalo de sete dias entre uma e outra, para transmitir a resposta das religiões e "recompor a verdade".

O TRF-3 determinou, também, que os programas sejam veiculados com abrangência nacional, priorizando conteúdos que esclareçam aspectos sobre os elementos das religiões afro-brasileiras.