Breaking News

Justiça espanhola condena brasileiro à prisão por participar do Estado Islâmico


Foto: imagem TV Globo

O brasileiro Kaique Luan Ribeiro Guimarães foi condenado a oito anos de prisão pela justiça espanhola, na última terça-feira (11), por ser integrante de uma célula do grupo Estado Islâmico, conforme investigações das forças de seguranças da Espanha.

Kaique foi capturado pela polícia da Cataluña quando tentava a atravessar a fronteira da Turquia para a Síria. Segundo a sua mãe, o jovem disse que não pertence a qualquer grupo terrorista e estava se dirigindo à Síria em uma viagem de férias.

O jovem natural de Goiânia, já foi preso no ano de 2015 na Bulgária por suspeita de participação no Estado Islâmico. O Ministério das Relações Exteriores disse que acompanha o caso de Kaique através do Consulado em Madri, que constituiu um advogado particular desde o início do processo.

"Agentes consulares brasileiros realizaram visitas aos estabelecimentos prisionais em que o brasileiro se encontrou detido, prestando-lhe assistência, verificando seu estado de saúde e mantendo contato com sua família", informa o Ministério. Informações do Estadão Conteúdo e da Globo News