loading...

Breaking News

Surfista que morreu pegando onda pode virar santo carioca



Foto: arquivo pessoal


Um surfista carioca, que morreu pegando onda, pode se tornar santo. O processo de beatificação de Guido Schäffer (1974-2009), inclusive, já corre no Vaticano.

O jovem também era médico e seminarista. Ele era conhecido em toda a zona sul do Rio de Janeiro pela doação aos mais pobres aliada à pregação religiosa.

Em 1º de maio deste ano, durante missa rezada na Praia do Recreio dos Bandeirantes pelo cardeal arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, foi notada a popularidade crescente de Guido para o panteão dos santos católicos. Para ser proclamado beato, no entanto, é necessário que seja comprovado um milagre e, para a canonização, um segundo milagre. 

Desde a morte do jovem, fiéis se reúnem na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, na zona sul, para agradecer graças alcançadas. No templo estão os restos mortais do surfista. Guido morreu aos 34 anos quando foi atingido por uma prancha desgovernada. Ele desmaiou e morreu afogado.

  Metro 1