Breaking News

ANS suspende comercialização de 31 planos de saúde devido a reclamações


Foto: Agência Brasil

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão temporária da comercialização de 31 planos de saúde de 12 operadoras (veja lista) em função de reclamações relacionadas à cobertura assistencial.

A medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses, e começa a valer na próxima sexta-feira (8). De acordo com a ANS, os cerca de 115,9 mil beneficiários dos planos não serão afetados. Eles continuam a ter assistência regular, mas as operadoras só poderão voltar a vender esses planos para novos contratantes se comprovarem melhoria no atendimento.

A diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho, explicou que o objetivo do monitoramento é estimular as operadoras a qualificarem o atendimento prestado aos consumidores. 

"Apesar de alguns casos reiterados, percebemos que, em geral, as operadoras têm se esforçado para se manter nas melhores faixas de classificação. Isso mostra que o programa tem atingido seu objetivo, já que o monitoramento da garantia de atendimento é um mecanismo que visa dar uma oportunidade para que as empresas revejam seus fluxos de atendimento e o próprio fluxo operacional", afirmou a diretora.

A suspensão é temporária e pode ser revertida se as operadoras comprovarem melhoria no atendimento nesses planos. Paralelamente à suspensão, houve a reativação de 33 planos de 16 operadoras.

  Bahia Notícias