loading...

Breaking News

Igaporã: locutor faz fortes críticas à administração de Rádio Comunitária Sertaneja FM


A imagem pode conter: Osmar Santos Santos


O locutor Osmar Santos, da Rádio Comunitária Sertaneja FM 104,9 MHz, de Igaporã, fez um “desabafo” durante a manhã desse sábado (14) em seu carro de som, ao sortear um bingo na feira livre, próximo ao Mercado Municipal. 

Osmar criticou duramente a atual administração da rádio que colocou um carro para ser sorteado em bingo, mas, segundo ele, cobrou um valor muito alto para a cartela, em relação ao carro disponibilizado. 

O locutor disse que pode exercer o seu poder de crítica, como cidadão, pelo fato de se tratar de um veículo comunitário e por ele estar na rádio desde o seu reinício, nos anos 2000. 
Segundo Osmar, a decisão da nova diretoria em promover o bingo não resolve as verdadeiras demandas da emissora, que não cumpre o seu caráter comunitário. “Em Igaporã, a Rádio Sertaneja acabou”, enfatizou. 




Citando os atuais e os ex-integrantes da equipe, Osmar afirma que a emissora necessita da formação de um grupo de trabalho com ideal verdadeiramente comunitário, como já existiu no início. Para ele, a rádio não precisa agora de arrecadação dos recursos anunciados para a compra de terreno e construção de uma sede. É preciso, primeiro, existir como rádio comunitária e depois investir na estrutura física. 

Outro integrante da equipe que conversou por telefone com a nossa reportagem, teceu as mesmas críticas de Osmar e acrescentou que a Rádio Comunitária Sertaneja FM “fracassou” devido à ingerência de interesses políticos/partidários. Esse integrante não quis especificar quais seriam os interesses nem os responsáveis pelas interferências.

A Rádio Sertaneja entrou em atividade no ano de 1998, interrompendo suas programações e retornando no início dos anos 2000. Atualmente, toda a equipe de comunicadores paralisou as atividades devido a divergências com a administração. A Rádio prossegue somente com músicas e comerciais, segundo informações obtidas por nossa reportagem.