loading...

Breaking News

Oeste: órgãos emitem alerta contra níveis baixos do Rio Arrojado


Imagem relacionada
Foto: reprodução


O Rio Arrojado volta a ser tema de notícias por conta dos baixos níveis registrados para o período entre as estações chuvosas.

De acordo com alerta da Secretaria de Meio Ambiente da Bahia (SEMA) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (INEMA), a população da Bacia do Rio Arrojado, no Oeste da Bahia, deve se preparar para conviver com o problema da redução na oferta de água potável, pois chove abaixo da média desde 2012 na região.


De acordo com os dois órgãos, providências são necessárias no momento, pois as chuvas devem começar dentro de três meses. O uso desregrado poderá gerar fortes restrições na oferta futura de água.

Apesar das estações de monitoramento da região realizarem monitoramento em tempo real e apresentarem registros de vazões com valores acima dos valores mínimos de referências adotados pela Política Estadual de Recursos Hídricos, equipes de monitoramento do INEMA estão se dirigindo à região para medições de vazões em diferentes seções do Rio Arrojado. O objetivo, afirmam os representantes da SEMA e do INEMA, é obter mais informações para subsidiar posteriores decisões a fim de garantir a segurança hídrica da população e dos usuários da água da bacia. Informações do Jornal A Tarde